h1

Dessoneto piano

julho 7, 2008

A imagem grisalha da sala
diz a febre das demoradas teclas
no marfim de cada acorde:

Ele é apenas um peso que
não mais carrega a
saliência musical que escorre
uma ampulheta viva

À deriva, dorme sob outros
retratos e flores que em vasos
dissecam suas notas

Como os homens que gozam
o preto-esbranquiçar das horas,
em caixas de madeira,
pedra e fita coloridas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: